quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

granada por ti

'' Eu deveria saber que tu eras um problema
Desde o primeiro beijo
Estava com os olhos bem abertos
Porque estavam abertos?
Dei-te tudo o que tinha
E tu não quiseste saber
Pra me dares todo o teu amor
É tudo que eu sempre te pedi, porque
O que tu não entendes é que
Eu pegaria uma granada por ti
Colocaria a minha mão numa lâmina por ti
Pularia na frente de um comboio por ti
Sabes que eu faria qualquer coisa por ti
Eu passaria por todo esse sofrimento
Levaria um tiro bem no meu cérebro
Sim, eu morreria por ti, amor
Mas tu não farias o mesmo
Luto, luto, luto e tristeza
Atingem-me até que perco os sentidos
Diga ao diabo que mandei lembranças
Quando tu voltares pro lugar de onde vieste
Mulher louca, mulher ruim
É isso que tu és
É, tu ris-te na minha cara
E então destróis os vidros do meu carro
Se o meu corpo estivesse a pegar fogo
Tu olharias-me até que as chamas me consumissem
Tu dizias que me amavas, és uma mentirosa
Porque nunca, nunca, nunca amaste, amor
Mas, amor, eu ainda assim
Eu pegaria uma granada por ti

Colocaria a minha mão numa lâmina por ti
Pularia na frente de um comboio por ti
Sabes que eu faria qualquer coisa por ti
Eu passaria por todo esse sofrimento
Levaria um tiro bem no meu cérebro
Sim, eu morreria por ti, amor
Mas tu não farias o mesmo ''

Sem comentários:

Enviar um comentário