terça-feira, 29 de março de 2011

pequena estrela

Agarro todas as estrelas que consigo do céu
Calmamente nas asas voo para ti
Perguntas: "O que aconteceu?"
"Apenas te adoro" - eu admiti
Deixei cair as estrelas pra céu vazio
Para iluminar os teus olhos azuis
Um balde de arco de íris para ti esvazio
E tu nele como uma luz fluis
A lua inclinando o seu rosto
Em coro dirá te com estrelas loucas
Que eu a minha vida aposto
Que amigas como tu ha poucas
/ Natasha Smaga

Sem comentários:

Enviar um comentário