quarta-feira, 20 de julho de 2011

o homem ideal

« O homem ideal é aquele que nem sempre precisa de palavras porque não tem medo do silêncio. É aquele que te toma nos braços e dança contigo, mesmo sem música, no meio de uma rua qualquer. É alguém que grava uma mensagem tua no telemóvel só para poder ouvir-te dizer todos os dias que o amas e que atende sempre com um sorriso quando lhe ligas. 
O homem ideal é aquele que olha para ti e te diz que és linda, mesmo quando te sentes feia e que, de tanto insistir, quase te convence. É aquele que te canta ao ouvido a vossa canção, mesmo que tenha que improvisar porque não sabe de cor todos os versos da letra.
O homem ideal é alguém que não tem medo de ser romântico. É alguém que te surpreende com um piquenique no parque ou que se levanta cedo só para ir contigo à praia, alguém que te prepara em segredo um jantar à luz das velas numa data especial e que nunca se esquece de te oferecer uma rosa.
O homem ideal é aquele que espera até ao último minuto para te mandar uma mensagem de boa noite, porque quer que sejas a última pessoa com quem fala antes de ir dormir. É aquele que quer dormir junto de ti só para poder acordar contigo nos braços. É alguém que te atura todas as manias e todos os estados de espírito sem nunca se esquecer de sorrir e de querer fazer-te feliz.
O homem ideal é alguém que viaja kms para te trazer algo de que precisas ou simplesmente para te ver porque tem saudades, alguém que te aquece a alma por dentro e te faz derreter quando te fala daquilo que sente por ti. É alguém que te faz querer acreditar em magia porque te adivinha todos os sonhos.
O homem ideal é aquele que ajuda o cão a subir à cama quando ele já não tem força nas patas para o fazer sozinho e que sorri sempre que vê uma criança, a ponto de te querer fazer pensar no que será um dia ver-lhe a alegria nos olhos quando lhe disseres que vai ser pai. É alguém doce e suave, mas forte, maduro e seguro. Alguém que é mesmo especial sem nunca se ter dado conta. Queres saber um segredo? Eu encontrei o meu príncipe encantado, esse cavaleiro andante de que rezam as histórias de conto de fadas. Por isso me custa tanto separar-me de ti, porque és perfeito para mim e agora que finalmente te encontrei já não sei nem quero viver sem ti. »


Sem comentários:

Enviar um comentário