segunda-feira, 21 de novembro de 2011

simples e verdadeiro

Eu não sou cobarde. Eu sou forte demais.
E então eu não procuro nenhum príncipe a cavalo ? E daí ? Eu prefiro um gajo com um Ferrari. Eu não quero diamantes, anéis ou ouro , eu quero o dinheiro para fazer o que eu quiser, porque eu não quero ser dependente de ti, eu quero ser independente de qualquer relação.
Sou uma cabra ? Não, eu sou é muito inteligente , eu não sinto aquilo que muitas sentem, porque eu sinto de verdade.
Eu não tolero calunias, nem muito menos bocas vindas de gente sem dentes. Eu prefiro um frente-a-frente, para estragar a manicura mesmo no meio da tua cara.
Eu não sou nenhuma miúda. Eu sou uma mulher. Eu mostro o pior de mim para depois descobrir quem merece o melhor que tenho. Não sou romântica. Eu prefiro a minha lucidez e a minha frontalidade ,a rosas e chocolates comprados só para agradar.
Eu nunca li um romance sem chorar. Chorar por pena , porque de cada vez que leio um, apercebo-me da estupidez que é viver por uma pessoa que no fim acaba sempre por desiludir.
Eu sei o que é o amor, não duvidem disso, mas o meu amor não tem 4 letras o meu amor tem muitas mais.
Sou fria, sou rebelde, sou extrovertida demais para ti ? Next.
Sempre me disseram : “ Quem gostar de ti, gosta de qualquer maneira “ . E então, gajo com tomates, onde estás tu ?
Detesto falsidade , hipocrisia ou qualquer outro tipo de sentimento cobarde. Sempre fui habituada a ser frontal e a olhar em frente.
Pouco me importa o que pensam de mim . Porque tenho pena dos que pensam mal de mim, porque se viessem á minha beira e se soubessem 2 linhas da minha historia, estariam aos meus pés.
Eu não sou filha do diabo, mas sou da sua família.
Mas não eu não sou um diabo, nem um anjo. Eu sou um ser humano.
Tu podes correr atras de mim uma vida inteira, mas se não aguentares todos os meus defeitos nunca vais ter um cheirinho das minhas virtudes. E acredita, são muitas.
Eu dou a vida por aqueles que dão a vida por mim. E por aqueles que efectivamente tem uma vida.
Não me amas ? Não te preocupes, eu amo-me por ti .
O meu nome ? Ana Afonso.
/patrícia bastos .

3 comentários:

  1. Não conhecia esta tua faceta mas gostei de ler. Tens queda para a escrita mas parece-me que tens muitos mais para exprimir o que te vai na alma de uma forma peculiar!
    Os meus parabéns!
    Beijo, Cláudia.

    ResponderEliminar
  2. cláudia, não fui eu que escrevi, foi uma amiga minha que escreveu acerca de mim (:
    beijinho querida e obrigada *

    ResponderEliminar